quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Os melhores filmes adolescentes de todos os tempos A revista Entertainment Weekly lista os melhores filmes sobre o ensino médio


A revista gringa Enternainment Weekly listou os 25 filmes adolescentes mais bacanas de todos os tempos. São aqueles filmes cheios de besteirol, mas mesmo assim deliciosos de ver, próprios para aquela sessão no meio de uma tarde chuvosa, com direito à pipoca, refrigerante e brigadeiro de panela.

O Kzuka mostra alguns dos filmes escolhidos, que vão dos mais clássicos até os mais moderninhos. Confere aí!

American Pie
Um dos filmes teen mais comentados de todos os tempos foi lançado há 10 anos, em 1999. É daquelas comédias super engraçadas e exageradas, que mostra as situações mais embaraçosas que um adolescente deve passar na vida. Rendeu continuações, com os personagens passando pela faculdade e até pelo casamento. Ficou com o 22º lugar da lista da EW.

Grease
“Tell me more, tell me more!” O Kzuka não poderia deixar este clássico de fora. Grease, musical de 1978, na verdade se passa nos anos 60 e conta a história de amor entre o rebelde Danny, interpretado por John Travolta e Sandy, a mocinha mais certinha de todas, vivida pela atriz Olivia Newton-John. Em um primeiro momento, pode parecer muito “doce” para um filme adolescente, mas Grease (que ficou em 21º lugar na lista) apresenta histórias que contém gravidez precoce e até um astro da TV que coloca aspirina na bebida das meninas. Depois de Grease o ensino médio nunca mais foi o mesmo.

Rock ‘n’ Roll High School
A comédia de 1979 conta a história de um caso de amor entre Eaglebauer e Riff Randell dentro do Colégio Vince Lombard. Entre “matação” de aulas e diretores chatos, a galera se rebela e ainda pode curtir um show dos Ramones. Imperdível, ficou em 18º lugar.

Carrie, a Estranha
Este é pra quem gosta um clássico aterrorizante. O colégio pode ser terrível, ainda mais se você é um estranho adolescente telecinético com uma mãe religiosa até os ossos. A pobre Carrie White (interpretada por Sissy Spacek) não consegue nem passar pela sala de aula sem ser zoada por seus colegas de classe. Em 1976 o bullying já estava presente. Mas a então quietinha a comportada tem sua revanche apropriada no baile de formatura... A cena do balde de sangue é um evento e tanto, especial para os adoradores de filmes de terror. Carrie abocanhou o 15º lugar na lista da EW.


Meninas Más
Já houve um tempo em que Lindsay Lohan era conhecida por sua atuação e não por chutar o balde em festas por aí. O filme Meninas Más (Mean Girls) de 2004, escrito pela comediante americana Tina Fey, traz também a atriz Rachel McAdams no papel de Regina George, a rainha malcriada do colégio, o que traz toda a graça do filme. Meninas Más entra no ranking em 12º lugar.

Curtindo a Vida Adoidado
Quem não gostaria de ser Ferris Bueller no último ano do colégio? Quem não gostaria que a escola fosse um lugar mágico onde você pudesse acordar, dizer que está doente, e ainda encontrar uma mensagem de “fique bom logo!” pintada numa torre enquanto você cruzava Chicago numa Ferrari vermelha? Um salve à Matthew Broderick: depois dele como Ferris em Curtindo a Vida Adoidado, de 1986, (que ficou em décimo lugar na lista), a adolescência nunca foi tão divertida.

As Patricinhas de Beverly Hills
É daqueles filmes que faz você querer ser a garota mais bonita e mais popular do colégio. Mas nem todas as garotas são como Cher (Alicia Silverstone), que descobre que ver o melhor nos outros é uma maneira de melhorar a si mesmo e que fazer compras com um gay bem vestido é uma delícia. Tudo isso com apenas 15 anos de idade. As Patricinhas ficou em sétimo lugar.

Clube dos Cinco
E o primeiro lugar da lista da Entertainment Weekly fica com o Clube dos Cinco, filme super aclamado nos Estados Unidos, do ano de 1985. E o que fez de Clube dos Cinco um sucesso? Uma fórmula bem simples: um sábado de castigo no colégio, cinco adolescentes emburrados e seus esforços para provarem que eram mais do que um cérebro, um atleta, um caso perdido, uma princesa e um criminoso. O filme explora assuntos como sexo, drogas, abuso, suicídio e a necessidade de pertencer a algum lugar, tudo isso nas conversas dos cinco na detenção do colégio. Não assistiu ainda? Corra até locadora mais próxima!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário